Exposição


2018.3.10-4.29

2018品牌的故事─澳門原創服裝展之二

Cada história comovente traz por si enredos e elementos extraordinários. O grau de compreensão da história depende da atitude, da curiosidade e do nível de exploração de quem a interpreta. Caminhando pelas ruas e becos, podemos ver pessoas vestidas com o seu estilo próprio e usam roupas com logótipos de marcas variadas, mas o que nós realmente sabemos sobre a história da criação das marcas?

Nos últimos anos, o governo da RAEM tem envidado esforços no sentido de promover o desenvolvimento das indústrias culturais e criativas, surgindo assim várias marcas de moda originais e independentes no território. Por esta ocasião, a Galeria de Moda de Macau continua, este ano, a organizar a “História das Marcas 2018 – Exposição de Vestuário Original de Macau”, dispondo de um espaço para que as marcas originais de Macau possam contar as suas histórias ao público, mediante uma recolha pública de histórias das marcas, seguido de uma avaliação e selecção.

Esta exposição contará com a presença de seis marcas de moda: I.N.K, Jade.L, alexis jordan, Nega C., Denim works e ella épeler, estando disponível para venda das obras das marcas participantes. A exposição será dividida em três fases, cada uma composta por duas marcas. Na primeira fase, serão apresentadas a I.N.K com o estilo de rua popular e a JADE.L com o estilo neutro. A segunda fase contará com a alexis jordan do espírito metropolitano e a Nega C. do estilo doce e romântico. Na última fase, serão exibidas a Denim works com tecnologias específicas de produção de jeans e a ella épeler com ilustração e totem.

História das Marcas 2018 – Exposição de Vestuário Original de Macau:

alexis jordan Tema da exposição : alexis jordan

Inspirada na metrópole cosmopolita e moderna, a marca de moda alexis jordan cria uma colecção de vestuário masculino de estilo indiscreto, simples e confortável, recorrendo tecidos importados de excelente qualidade e técnicas de costura sofisticadas, para satisfazer o desejo da moda de alta qualidade por homens urbanos, a fim de mostrar o perfil cosmopolita. Desta vez, a concepção da exposição baseia-se na criatividade e identidade da sua marca, a qual combina com traços típicos da arquitectura sino-portuguesa de Macau, criando assim um estilo de vida de homens modernos e o seu sentido de moda.

Nega C. Tema da exposição : Continuing the Dream

Durante a minha infância, eu costumava brincar na pequena fábrica da minha família, ouvindo o som interminável das máquinas de costura enquanto vendo pilhas de roupas de padrões variados. Estas são as minhas memórias de duas gerações da minha família trabalhadora e diligente, que me moldaram e fizeram com que o meu sonho se tornasse realidade. Estou-lhes grata por isso e espero que a minha marca de moda Nega C. possa herdar o espírito trabalhador da geração anterior e continuar o sonho da nova geração.

2018.1.13-3.4

História das Marcas 2018 – Exposição de Vestuário Original de Macau

Cada história comovente traz por si enredos e elementos extraordinários. O grau de compreensão da história depende da atitude, da curiosidade e do nível de exploração de quem a interpreta. Caminhando pelas ruas e becos, podemos ver pessoas vestidas com o seu estilo próprio e usam roupas com logótipos de marcas variadas, mas o que nós realmente sabemos sobre a história da criação das marcas?

Nos últimos anos, o governo da RAEM tem envidado esforços no sentido de promover o desenvolvimento das indústrias culturais e criativas, surgindo assim várias marcas de moda originais e independentes no território. Por esta ocasião, a Galeria de Moda de Macau continua, este ano, a organizar a “História das Marcas 2018 – Exposição de Vestuário Original de Macau”, dispondo de um espaço para que as marcas originais de Macau possam contar as suas histórias ao público, mediante uma recolha pública de histórias das marcas, seguido de uma avaliação e selecção.

Esta exposição contará com a presença de seis marcas de moda: I.N.K, Jade.L, alexis jordan, Nega C., Denim works e ella épeler, estando disponível para venda das obras das marcas participantes. A exposição será dividida em três fases, cada uma composta por duas marcas. Na primeira fase, serão apresentadas a I.N.K com o estilo de rua popular e a JADE.L com o estilo neutro. A segunda fase contará com a alexis jordan do espírito metropolitano e a Nega C. do estilo doce e romântico. Na última fase, serão exibidas a Denim works com tecnologias específicas de produção de jeans e a ella épeler com ilustração e totem.

 

História das Marcas 2018 – Exposição de Vestuário Original de Macau

I.N.K Tema da exposição – “BATTLE: Expedição”:

Esta vez, com o conceito de “Capítulos”, a marca I.N.K utiliza a forma de secção para “compor” séries de temas, a fim de substituir a apresentação de “Primavera, Verão/Outono, Inverno”, esperando expressar de forma mais completa a história. A inspiração do tema é proveniente do uniforme militar da década 50; os designers utilizaram o “humor” do desequilíbrio em comprimento, do conflito de proporção e do deslocamento de design para redefinir a moda de uniforme militar sério, transformando arbitrariamente as argolas e as fivelas equipadas em cinto do estilo de uniforme militar em acessórios brilhantes.

Além de mostrar o espírito de exército tenaz, a exposição desta vez também inclui os elementos da cultura musical Hip-hop, ou seja, battle improvisado da rua, sendo um intercâmbio para ganhar aplausos do público. A série de vestuário na exposição integra música Hip-hop, graffiti e cultura desportiva na criação, bem como combina o estilo de corte da década de 90 com a cultura musical Hip-hop.

A série de vestuário utilizou as cores militares, tais como verde de selva, vermelha de cinábrio, cinza de casaco quebra-vento e preto do céu noturno; em relação aos materiais, o casaco militar utilizou alpaca macia, e as calças de skate adoptaram denim casual, com a camisola encapuçada de algodão confortável, misturando um estilo moderno da cidade de lazer. Os casacos clássicos da “Força aérea MA1” e da “Força aérea M65”, através da nova transformação de náilon  flexível, quebraram a impressão pesada e inflexível do uniforme militar.

Além disso, a série de vestuário desta estação usa a decoração floral com característica de Macau como o tema da primeira série de vestuário, mostrando a base cultural da marca de moda de Macau. Os designers herdaram os sentimentos, moda e estilo de vida de Macau, para simbolizar a tremulação da bandeira de moda, e anunciar o início oficial da “expedição” da marca.

 

JADE.L Tema de exposição -“Gentlewomen”:

A inspiração da série é proveniente do feminismo do século XIX; sob a influência do estilo de vestimenta dos homens, o estilo de vestimenta das mulheres tornou-se gradualmente neutralizada, reduzindo o estilo de vestimenta “restritivo” do passado.

Com referência do estilo de vestimenta dos cavalheiros britânicos daquela época, o casaco e o manto foram utilizdos no design de detalhes de vestuário feminino da série, esperando integrar a graciosidade das mulheres e o estilo conciso; o material de lã de dupla face no tecido principal mostra uma visão dupla de névoa, que é às vezes clara e às vezes indistinta; e a cor amarela-cinza passa toda a série, mostrando a sensação caótica e enevoada.

A estrutura espacial desta exposição parece um ambiente neblioso no desenvolvimento industrial; combinando com as cores ricas de trigo e linho, sob o brilho solar, cria-se um espaço amarelado e quente, para que os visitantes se sentissem como no século XIX, à era misteriosa e simples, experimentando a integração da moda e clássico.

2017.10.7-12.31

“Moda‧Momento de Encontro”―Exposição dos Trabalhos do 4.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda

No momento em que a brisa fresca do Outono sopra lentemente, a Galeria de Moda de Macau tem o prazer de apresentar a “Moda‧Momento de Encontro”―Exposição dos Trabalhos do 4.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda, na qual são exibidos os trabalhos excelentes dos designers de moda locais, que participaram no “Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda 2016” lançado pelo Instituto Cultural do Governo da RAEM.

 

Estarão expostos na exposição os trabalhos dos oito designers (equipa de designers), incluindo Tam Chi Kit, Wai Chin Seong, Lo Ka Heng e Choi Wai Leng (equipa), Cheang Chi Tat, Peng Yun, Leong Man Teng, Wong Man Chon e Lao Ka Weng.. Os trabalhos foram seleccionados pelo júri profissional de um grande volume de trabalhos candidatos. Nesta exposição, cada designer selecciona duas peças da sua colecção de moda para exibir. Os tipos dos trabalhos incluem roupa de malha, fato elegante, vestido fantasioso para mulher, vestido de festa e roupa casual, entre outros.

 

O Instituto Cultural do Governo da RAEM lançou o “Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda” em 2013, tendo como objectivo encorajar o design de moda e a criatividade a nível local, incentivar os designers de moda a elaborarem um plano de marketing viável e adequado, permitir-lhes envolverem-se em actividades comerciais ou exposições de moda no Interior da China e no estrangeiro, a fim de aumentar o prestígio e a competitividade, bem como impulsionar o desenvolvimento da indústria do design de moda de Macau.

2017.8.12-10.1

História da Marca – Exposição de Vestuário Original de Macau III

ZICS

Tema: “IN LINE”

 

Apresentação da marca:

A ZICS foi fundada em 2009. O designer utilizou apenas preto, branco e cinzento para desenvolver um tema experimental, desenhou esta colecção de vestuário de estilo de género neutro e explorou as possibilidades da assimetria e diferentes camadas. A colecção foi apresentada na passarela no “Festival de Moda de Macau” e na “Semana de Moda de Hong Kong”. O designer também gostaria de explorar diferentes áreas de vestuário, incluindo trajes de palco e acessórios de moda.

 

Conceito de design:

Esta colecção é uma extensão da mais recente colecção Primavera/Verão da ZICS “IN LINE”. A colecção “IN LINE” usa linhas como a sua característica principal. O designer continua a exibir o seu amor por preto, branco e cinzento, colocando linhas pretas, brancas e cinzentas juntamente com tecidos translúcidos de muitas maneiras imaginativas, quer de cortes tradicionais, quer de irregulares. Cada disposição de linhas é formada meticulosamente, expressando as características elegantes e únicas de mulher.

A colecção “IN LINE” estende o conceito de design da colecção original, usando linhas diferentes para criar uma imagem única e criando uma experiência visual atípica e distinta para o público.

 

 

Salut, ça va?

Tema: Renascimento

 

Apresentação da marca:

A marca foi fundada em 2010. “Salut, ça va?” é escrita em francês, e significa “Olá, tudo bem?”, um cumprimento caloroso que não se limita a horas nem a níveis de formalidade. Tem insistido num estilo de design eterno que transcende o tempo e a tendência, e a marca sustenta a ideia de que todas as pessoas devem ter o seu próprio estilo de se vestir. A feminilidade, com uma característica clássica e romântica é o tema principal da “Salut, ça va?”, apresentando a cultura nostálgica francesa. Cada colecção tem vestuário com modelos para a vida quotidiana e as ocasiões especiais, e presta os serviços de confecção por medida para os clientes de ambos os sexos.

 

Conceito de design:

Tal como o logotipo da marca, o espaço de exposição adopta preto e branco como as cores principais. Para combinar com o estilo romântico da marca, um poema romântico escrito à mão em caligrafia de estilo de marcador será criado como o pano de fundo. A exposição é um renascimento das peças particularmente representativas de “Salut, ça va?”, criadas durante os seus seis anos de história. Cada colecção é definida num quadro 3D para capturar a sua referência de tempo distintiva. As borboletas significam a metamorfose e o crescimento da marca durante esses tempos. Em geral, a aparência limpa e nítida tenta dar enfatizar a beleza distinta de cada colecção.

História da Marca – Exposição de Vestuário Original de Macau II

Soul

Tema: Alma

 

Apresentação da marca:

Soul foi fundada em 2016, é uma marca de moda para as mulheres. Adopta o preto e branco como as princioais cores. Utilizando os materiais de alta qualidade, o feitio meticuloso e a corte de maneira 3D para criar o estilo assimétrico, a marca apresenta uma personalidade distinta e um estilo moderno de mulheres. Em simultâneo com a acentuação de intelegência criativa e o encanto individual de mulheres, mantém-se a qualidade e comodidade para as suas clientes.

 

Conceito de design:

A Alma é o tema desta colecção, direcionada a mulheres entre 20 e 40 anos. É uma colagem de jovens que vão atrás de assertividade, encontrando uma maneira de viver como o si verdadeiro, e abraçando o charme feminino, liberando assim uma pegada real. As experiências acumuladas transformam-se em uma visão nova, olhando-se a vida numa perspectiva totalmente nova. Vivemos num mundo caleidoscópico e numa vida com abundância material. Na sua viagem de vida, os habitantes de cidade que possuem tantas escolhas e coisas fáceis de fazer, frequentemente negligenciam enriquecer as suas mentes. A marca, portanto, decide reinterpretar preto e branco através desta exposição, sobrepondo as cores em corte 3D e elementos assimétricos para expressar o desejo de algo diferente e de um coração enriquecido das jovens mulheres urbanas.

 

Worker Playground

Tema: Garagem de Recreio dos Operários

 

Apresentação da marca:

Worker Playground foi fundada em 2010, é uma marca de vestuário que representa a cultura das ruas de Macau. O nome e o conceito da marca têm a origem do antigo Campo dos Operários de Macau. Através de nomeação, tenta recordar as memórias e os sentimentos colectivos de cidadãos de Macau. A marca tem o foco no vestuário de homem, utilizando variações de estilo clássico como principal design, acrescentando elementos de Macau, como a história da aviação de Macau, o festival rock-n-roll, os desportos especializados de Macau, pelota basca e hóquei, bem como o Grande Prémio de Macau, que são então astuciosamente escondidos nas roupas. Ao manifestar a cultura local, a marca visa localizar as roupas de estilo clássico, tornando-as num estilo que é diferente de que pode ser encontrado em outros lugares.

 

Conceito de design:

A Worker Playground é uma marca de moda de Macau, adopta a história e a cultura locais como tema, através das quais, interpreta as histórias locais numa perspectiva de moda. A marca trabalhou com a Comissão do Grande Prémio de Macau em 2016 para criar a colecção “51º Grande Prémio de Motos de Macau”. Os motociclos assumem assim um papel de liderança nesta exposição. O local será feito numa garagem que exsuda uma aura de masculinidade. Todos os artigos são desgaste da motocicleta, drapejando sobre a cremalheira do pano que se assemelham aos capacetes e às caixas de ferramentas, esperando combinar o estilo áspero da Worker Playground.