Exposição


2017.8.12-10.1

História da Marca – Exposição de Vestuário Original de Macau III

ZICS

Tema: “IN LINE”

 

Apresentação da marca:

A ZICS foi fundada em 2009. O designer utilizou apenas preto, branco e cinzento para desenvolver um tema experimental, desenhou esta colecção de vestuário de estilo de género neutro e explorou as possibilidades da assimetria e diferentes camadas. A colecção foi apresentada na passarela no “Festival de Moda de Macau” e na “Semana de Moda de Hong Kong”. O designer também gostaria de explorar diferentes áreas de vestuário, incluindo trajes de palco e acessórios de moda.

 

Conceito de design:

Esta colecção é uma extensão da mais recente colecção Primavera/Verão da ZICS “IN LINE”. A colecção “IN LINE” usa linhas como a sua característica principal. O designer continua a exibir o seu amor por preto, branco e cinzento, colocando linhas pretas, brancas e cinzentas juntamente com tecidos translúcidos de muitas maneiras imaginativas, quer de cortes tradicionais, quer de irregulares. Cada disposição de linhas é formada meticulosamente, expressando as características elegantes e únicas de mulher.

A colecção “IN LINE” estende o conceito de design da colecção original, usando linhas diferentes para criar uma imagem única e criando uma experiência visual atípica e distinta para o público.

 

 

Salut, ça va?

Tema: Renascimento

 

Apresentação da marca:

A marca foi fundada em 2010. “Salut, ça va?” é escrita em francês, e significa “Olá, tudo bem?”, um cumprimento caloroso que não se limita a horas nem a níveis de formalidade. Tem insistido num estilo de design eterno que transcende o tempo e a tendência, e a marca sustenta a ideia de que todas as pessoas devem ter o seu próprio estilo de se vestir. A feminilidade, com uma característica clássica e romântica é o tema principal da “Salut, ça va?”, apresentando a cultura nostálgica francesa. Cada colecção tem vestuário com modelos para a vida quotidiana e as ocasiões especiais, e presta os serviços de confecção por medida para os clientes de ambos os sexos.

 

Conceito de design:

Tal como o logotipo da marca, o espaço de exposição adopta preto e branco como as cores principais. Para combinar com o estilo romântico da marca, um poema romântico escrito à mão em caligrafia de estilo de marcador será criado como o pano de fundo. A exposição é um renascimento das peças particularmente representativas de “Salut, ça va?”, criadas durante os seus seis anos de história. Cada colecção é definida num quadro 3D para capturar a sua referência de tempo distintiva. As borboletas significam a metamorfose e o crescimento da marca durante esses tempos. Em geral, a aparência limpa e nítida tenta dar enfatizar a beleza distinta de cada colecção.

História da Marca – Exposição de Vestuário Original de Macau II

Soul

Tema: Alma

 

Apresentação da marca:

Soul foi fundada em 2016, é uma marca de moda para as mulheres. Adopta o preto e branco como as princioais cores. Utilizando os materiais de alta qualidade, o feitio meticuloso e a corte de maneira 3D para criar o estilo assimétrico, a marca apresenta uma personalidade distinta e um estilo moderno de mulheres. Em simultâneo com a acentuação de intelegência criativa e o encanto individual de mulheres, mantém-se a qualidade e comodidade para as suas clientes.

 

Conceito de design:

A Alma é o tema desta colecção, direcionada a mulheres entre 20 e 40 anos. É uma colagem de jovens que vão atrás de assertividade, encontrando uma maneira de viver como o si verdadeiro, e abraçando o charme feminino, liberando assim uma pegada real. As experiências acumuladas transformam-se em uma visão nova, olhando-se a vida numa perspectiva totalmente nova. Vivemos num mundo caleidoscópico e numa vida com abundância material. Na sua viagem de vida, os habitantes de cidade que possuem tantas escolhas e coisas fáceis de fazer, frequentemente negligenciam enriquecer as suas mentes. A marca, portanto, decide reinterpretar preto e branco através desta exposição, sobrepondo as cores em corte 3D e elementos assimétricos para expressar o desejo de algo diferente e de um coração enriquecido das jovens mulheres urbanas.

 

Worker Playground

Tema: Garagem de Recreio dos Operários

 

Apresentação da marca:

Worker Playground foi fundada em 2010, é uma marca de vestuário que representa a cultura das ruas de Macau. O nome e o conceito da marca têm a origem do antigo Campo dos Operários de Macau. Através de nomeação, tenta recordar as memórias e os sentimentos colectivos de cidadãos de Macau. A marca tem o foco no vestuário de homem, utilizando variações de estilo clássico como principal design, acrescentando elementos de Macau, como a história da aviação de Macau, o festival rock-n-roll, os desportos especializados de Macau, pelota basca e hóquei, bem como o Grande Prémio de Macau, que são então astuciosamente escondidos nas roupas. Ao manifestar a cultura local, a marca visa localizar as roupas de estilo clássico, tornando-as num estilo que é diferente de que pode ser encontrado em outros lugares.

 

Conceito de design:

A Worker Playground é uma marca de moda de Macau, adopta a história e a cultura locais como tema, através das quais, interpreta as histórias locais numa perspectiva de moda. A marca trabalhou com a Comissão do Grande Prémio de Macau em 2016 para criar a colecção “51º Grande Prémio de Motos de Macau”. Os motociclos assumem assim um papel de liderança nesta exposição. O local será feito numa garagem que exsuda uma aura de masculinidade. Todos os artigos são desgaste da motocicleta, drapejando sobre a cremalheira do pano que se assemelham aos capacetes e às caixas de ferramentas, esperando combinar o estilo áspero da Worker Playground.

2017.4.8-2017.6.4

História da Marca – Exposição de Vestuário Original de MacauI

A história de uma marca é a sua alma porque é o que lhe dá vida e identidade. Atrás da criação de cada peça, há sempre uma história comovente de como o designer meticulosamente evoca a ideia.Através de uma mancha de cor, um ponto de bainha, ou um acessório realçado, a história da marca permite que o público se mova e deixe hipnotizar por esta e não outras marcas, que se torne num fã leal, que se mergulhe na história e se sinta orgulhoso e tocado pelos actos corajosos do protagonista, elevando assim o carisma da marca.À medida que as indústrias culturais e criativas se continuam a desenvolver em Macau, surgiram muitas marcas de moda de diversos estilos de design criadas no território. Por isso, a Galeria de Moda de Macau decidiu organizar uma exposição intitulada “História da Marca – Exposição de Vestuário Original de Macau” para permitir que os pensamentos criativos integrados nas maravilhosas marcas de moda locais sejam apresentados ao público.

 

Através de uma recolha pública, o júri seleccionou seis marcas de moda locais para participar nesta exposição, incluindoMACON, JADE.L, Worker Playground, Soul, ZICS, e Salut ça va?. Os designers organizama sua própria área de exposição na Galeria de Moda de Macau, exibindo as suas colecções nas suas próprias disposições criativas.Ao integrar a criatividade na arte da moda e no design de espaço, os designers podem iluminar em pleno a imagem da sua marca e promover os seus caracteres distintivos.Cada marca adopta um conjunto de estilos e elementos diferentes, tais como a pintura à mão, os logotipos, as figuras de motocicleta, o minimalismo, as linhas e os elementos românticos para acompanhar a sua colecção, transformando o local de exposição num teatro onde se contam histórias e permitindo que o público saboreie o contexto de cada história.

 

A exposição será dividida em três edições, cada uma composta por duas marcas de moda. Na primeira edição temos a MACON, com o seu estilo artístico, jovem e casual e a JADE.L do estilo de género neutro e elegante. De seguida, na segunda ediçãotemosa Worker Playground com um estilo robusto e selvagem e a Soul, destacada pela roupa mais simples.A última edição contará com a estética em preto e branco da ZICS eo romantismo da Salutçava?. Haverá ainda um espaço de compra e venda onde se comercializa a roupa das marcas participantes na exposição.

 

 

 

História da Marca – Exposição de Vestuário Original de Macau I

 

MACON

Tema: Um jovem viajante no seu caminho

 

Apresentação da marca:

A MACON foi criada em 2013, tendo sido a primeira marca de moda original de Macau a figurar na maior plataforma de compras asiático online Tmall.com. O estilo de design da MACON centra-se no tema “Vida Lenta, Viagem Ligeira” e os produtos procuram ser principalmente confortáveis e simples, transmitindo aos seus clientes uma atmosfera de género neutro, artística e jovem.

 

Conceito de design:

As coisas geralmente começam de uma maneira muito simples. Para encontrar aquela pessoa que se apaixona igualmente pelos detalhes da vida e que “segue as suas próprias regras”, a MACON está a criar-lhe um novo mundo. Pode-se sentar connosco tranquilamente, sentindo a beleza da vida lenta, experimentando a nossa “pequena cidade” e a vida de um ângulo diferente. Através da MACON, os caminhos e a beleza de cada um são expressados.

 

JADE.L

Tema: Canto seguro

 

Apresentação da marca:

Criada em 2014, a marca pretende interpretar uma estética de género neutro e expressar a personalidade em cada peça de vestuário através da textura e dos pormenores dos produtos. O princípio da marca é “sê tu mesmo”, com a ideia de que o vestuário da marca não representa a moda, mas sim uma beleza e estilo particulares, definindo-se como uma marca de moda de género neutro de Macau.

 

Conceito de design:

Ao observar as pessoas na sua vida real descobre-se que a maioria delas não se sente confiante, sorrindo pouco, enquanto vive num estado ansioso grande parte do tempo, pelo que apenas se encontram a si próprias no mundo virtual. Esta colecção é inspirada em estaleiros de construção, transpondo sinais de segurança vistos no dia-a-dia, cintos de segurança e cores para a roupa, com o objectivo de criar a ideia de esconder o sentimento de desconforto por detrás de uma aparência de segurança, mas ao mesmo tempo é um esforço no sentido de procurar um canto seguro onde a pessoa se possa sentir confortável.

 

 

2017.1.14-3.26

“Transformação” – Exposição dos Trabalhos do Curso de Diploma em Design e Manufactura de Moda

Os aficionados de moda de todas as eras têm tendências diferentes no vestuário e no estilo popular. Ser capaz de possuir uma própria marca de design que é popular e de boa venda no mercardo, é o sonho de todos os designers. Em Macau, há muitos jovens talentos de criatividade, e todos eles têm paixão e aspiração na moda, esforçando a procurar o seu sonho.

 

O “Curso de Diploma em Design e Manufactura de Moda” é um programa de educação destacado organizado pelo CPTTM, e tem o objectivo de formar os talentos de design de moda e elevar o nível local de competência dessa indústria. O curso tem a duração de 18 meses, e abrange o design de vestuário, a técnica de ilustração de moda, o conhecimento e a língua sobre a utilização de tecidos, a técnica de costura e o marketing. É o primeiro passo para quem se dedica para se tornar num profissional na indústria de moda.

 

No ano lectivo de 2015/2016, há um total de 10 alunos que concluíram este curso. Eles alfaiataram, com as suas próprias mãos, a sua primeira colecção para a mostra de graduação. Para incentivar o grande esforço para a criatividade desses designers jovens e deixar o público apreciar as obras deles, a Galeria de Moda de Macau realizou especialmente a “Transformação – Exposição dos Trabalhos do Curso de Diploma em Design e Manufactura de Moda” para mostrar o resultado da primeira colecção desses 10 designers jovens.

 

Em total, 13 peças de obra dos 10 finalistas serão mostradas na exposição. Nas obras em mostra, incluem-se as do vencedor geral Celestino Maria Cordova que ganhou também o Prémio de Melhor Realização Acádemica, da vencedora de segundo lugar Yuna Leong que ganhou também o Prémio de Melhor Coordenação de Cores, e da vencedora de terceiro lugar Mickey Che que ganhou também o Grande Prémio de Moda. Os outros finalistas são Wind Mo, Jessica Lam, Jasmine Lai, Kary Cheng, Mini Tai, Sasa Sam, e Sleepy Ngan. Cada peça é uma obra de arte com um estilo distintivo de design e a sua própria caraterística. A inspiração das obras foi diversificada, a partir de cultura japonesa, música electrónica, a estrutura de edifício até a natureza. As técnicas utilizadas incluíram o corante índigo, os tecidos imprimidos digitais, a tipografia 3D, e muitos tecidos e elementos de design diferentes e mais actuais. Eles fizeram bom aproveitamento do que tinham aprendido nas aulas, integrando os conhecimentos aos seus sensos individuais de beleza e utilizando os seus próprios mãos habilidosos e pensamentos criativos para tornar a sua interpretação na realidade.

2016.10.7-2017.1.1

Moda‧Momento de Encontro ― Exposição dos Trabalhos do 3.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda

A Galeria de Moda de Macau apresenta especialmente “Moda‧Momento de Encontro ―Exposição dos Trabalhos do 3.º Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda” como a última exposição deste ano, para mostrar os trabalhos vencedores no Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda 2015 e compartilhar os resultados de criação de designers de moda locais.

 

Nesta vez, mostram-se as obras dos 8 designers (grupos) subsidiados, incluindo Cheang Chi Tat, Peng Yun, Tam Chi Kit, Cheong Kuan Peng e Wong Ha (grupo), Cheang Man Cheng, Leong Iok Pui, Lo Ka Heng e Choi Wai Leng (grupo) e David Siu. As obras subsidiadas são selecionadas e aprovadas pelo júri profissional através dos procedimentos rigorosos das análise inicial e segunda análise. Cada designer (grupo) mostra duas obras subsidiadas, incluindo respectivamente vestidos masculinos de moda, vestidos masculinos e femininos de lazer, vestidos femininos, vestidos femininos de moda, um total de 16 conjuntos.

 

O Instituto Cultural do Governo da RAEM, para promover o desenvolvimento da indústria de design de moda de Macau, tem lançado o Programa de Subsídios à Criação de Amostras de Design de Moda desde 2013, a fim de incentivar a investigação e a inovação de design de moda local, impulsionar os designers de moda a elaborar planos de mercado viáveis e completos, empurrar o desenvolvimento das actividades comerciais ou a participação nas actividades de exposição e venda de moda no país e no estrageiro, assim, aumentar o nível de reconhecimento e a competitividade no mercado, impulsionar o desenvolvimento da indústria de design de moda local.

 

Através desta exposição, além de divulgar o design de moda local ao público, também estabelecer uma plataforma de intercâmbio para os designers, promover mais possibilidades de cooperação, a fim de alargar o desenvolvimento da indústria de design de moda local.